Empréstimo Online

Peça seu empréstimo sem sair de casa.

Com a internet, ficou muito mais simples contratar serviços dos mais variados tipos, inclusive a contratação de empréstimos. 

Mas você sabia que já pode até solicitar crédito online?

Algumas empresas atuam de maneira totalmente digital, o que permite que os clientes busquem empréstimo sem sair de casa. 

Este é o caso da FinanZero, um buscador de empréstimo online 100% gratuito. A empresa sueca atua no mercado brasileiro como um correspondente bancário e tem diversos bancos e financeiras como parceiros. 

 


Como a FinanZero funciona?

A FinanZero recebe os pedidos dos clientes em seu site e, após analisar seus perfis, encontra até 10 ofertas de empréstimo. Os clientes, então, recebem as pré-aprovações e conseguem escolher qual a ideal para os seus bolsos e dar continuidade ao processo. 

E tudo isso pode ser feito pelo celular ou computador, à caminho do trabalho, na hora do almoço ou do sofá de casa. Assim, você economiza tempo além de dinheiro!

É importante frisar, ainda, que o serviço da FinanZero é de graça. Assim, os clientes cujos pedidos forem aprovados só começarão a pagar após a realização do depósito do empréstimo em suas contas. 

O buscador está de acordo com todas as leis brasileiras, que determinam que a cobrança de taxas antecipadas é ilegal. Por isso, caso você esteja procurando por linhas de crédito na internet, tenha atenção: existem muitas pessoas mal intencionadas que aplicam fraudes pela web com o argumento de que valores extras são necessários para a liberação do empréstimo. Não são! 

 

Fique longe de golpes!

A dica é pesquisar a reputação da empresa com quem deseja fechar contrato. 

– Busque as opiniões dos clientes em redes sociais e sites de reclamação;

– Veja os comentários no Google e as matérias publicadas nos grandes jornais;

– Ligue e tire todas as suas dúvidas com o atendimento da empresa;

-E, o mais importante: caso alguém entre em contato com você pedindo qualquer valor antecipado, NÃO deposite e denuncie! 

 

Segurança ao contratar um empréstimo online

Além dos cuidados quanto à confiança e seriedade da instituição financeira com quem deseja contratar um empréstimo online, se atente à transparência dela. 

Antes de assinar o contrato, verifique se todas as informações sobre o crédito estão explicitadas. Você deve saber com exatidão a porcentagem dos juros mensais, o número das parcelas, o valor do empréstimo e o Custo Efetivo Total (CET).

 

Com quais produtos a FinanZero trabalha?

 Atualmente, a FinanZero conta com três tipos de empréstimo online

  1. Empréstimo pessoal – também conhecido como crédito sem garantia, é o carro-chefe da empresa e o mais solicitado em todo o Brasil! As taxas dos bancos e financeiras vão de 1,9% até 18% ao mês, e variam de acordo com a instituição financeira e o perfil do cliente;
  2. Refinanciamento de veículo – chamada de empréstimo com garantia de veículo, esta linha de crédito apresenta taxas a partir de 1,59% a.m. e parcelamentos em até 48 meses;
  3. Refinanciamento de imóvel – o empréstimo com garantia de imóvel possui as melhores condições do mercado,  já que as taxas de juros são as mais baixas, a partir de 0,99% a.m., e o parcelamento pode ser realizado em até 20 anos.
 

Como fazer um pedido rápido de empréstimo online?

É sempre importante manter seus documentos atualizados e em mãos para que o processo de aprovação do empréstimo online seja mais rápido. Para solicitar um empréstimo pessoal, você só precisa seguir os seguintes requisitos: 

  • Ser maior de 18 anos;
  • Ter conta bancária (corrente ou poupança);
  • Ter CPF (Cadastro de Pessoa Física).

Para solicitar um refinanciamento de veículo, é bom que você já mantenha por perto os seguintes documentos:

  • Certificado de Registro do Veículo (CRV);
  • Certificado de Registro e Licenciamento de carros (CRLV);
  • RG e CPF;
  • Carteira Nacional de Habilitação (CNH);
  • Comprovante de endereço;
  • Comprovante de renda.

Por fim, caso queira pedir um refinanciamento de imóvel, tenha consigo os documentos a seguir: 

  • RG e CPF;
  • Certidão de nascimento ou casamento;
  • Comprovante de residência;
  • Comprovantes de renda;
  • Certidão de Matrícula do Imóvel;
  • Cópia da capa do Imposto Sobre Território Urbano (IPTU);
  • Certidão Negativa de Tributos Imobiliários.